Calandivas: Fortuna para a nossa Seleção

Agora falta pouco para a abertura da Copa do Mundo. Nós já estamos com os dedos cruzados e prontíssimas para, junto com amigos queridos, fazer a maior festa em casa, torcendo muito pelo Brasil.

Para desejar sorte, muito boa sorte, à nossa Seleção, nesta semana escolhemos falar de Calandivas, as Flores da Fortuna, sinônimos de êxito, felicidade e sorte!

Com a ajuda indispensável do querido Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, descobrimos várias informações interessantes sobre as Calandivas. Vejam só:

FlorDaSemana36

As Calandivas são uma variedade aprimorada da espécie Kalanchoe blossfeldiana, nativa de Madagascar, que, ao longo dos anos, após sucessivos cruzamentos e melhoramentos genéticos, foi ganhando cada vez mais pétalas e flores. Hoje podem ser encontradas em uma variedade quase infinita de cores e formas.

Elas são espécies de plantas suculentas, parentes dos cactos, que têm como característica peculiar a capacidade de armazenar água, não requerendo, portanto, regas frequentes. Água apenas uma vez por semana – evitando-se as flores e folhas – é o suficiente para mantê-las bem e bonitas por mais tempo. Nos meses mais quentes, pode-se aumentar a periodicidade das regas para duas ou três vezes por semana.

Suas flores são extremamente duráveis, chegando a permanecer belas por mais de dois meses.

Embora sejam maciçamente comercializadas em vasos, as Calandivas podem ser plantadas no jardim, sendo muito utilizadas como bordadura em canteiros. Elas gostam de solo poroso e rico em matéria orgânica, que dificilmente fique encharcado. Se cultivadas nestas condições, florescerão normalmente do final do outono até o início da primavera. Sabe-se, ainda, que, quando cultivadas em estufas, as Calandivas podem florescer durante o ano todo.

Quem conferiu nosso site durante esta semana já viu essas lindas florzinhas em tons de amarelo compondo graciosamente o arranjo do centro da mesa de jantar na nossa decoração para a Copa.

Boa fortuna, Seleção Brasileira! Amanhã estaremos torcendo por vocês!

Conteúdo do texto: Sérgio Oyama Junior.

Deixe uma resposta

Comentários