EXUBERANTES ICSÓRIAS

Uma das coisas de que mais gostamos ao visitar a Milplantas, um dos nossos lugares favoritos em São Paulo, é a possibilidade de sempre descobrir uma nova espécie de flor, seja plantada, seja de corte. E foi em uma dessas visitas que conhecemos a Icsória ou Ixora, a flor que elegemos para falar nesta semana.

FlorDaSemana32

E, claro, não poderíamos fazê-lo sem a imprescindível ajuda do querido amigo e colunista Sergio Oyama Junior, do incrível Orquídeas no Apê, que, semana após semana, vem contribuindo para a criação de nosso Dicionário de Flores, uma seção do Vamos Receber que tanto nos orgulha (Não conhece? Lá, você pode pesquisar as mais variadas espécies de flores por nome ou cor, vale muito a pena conferir clicando aqui).

A Ixora ou Icsória é um arbusto pertencente à família Rubiaceae, também conhecida como a família do café. Seu nome científico é Ixora coccinea, em alusão à exuberante coloração das flores que produz. O termo coccinea significa escarlate, em latim.

Apesar de sua coloração originária, com o passar do tempo, foram desenvolvidos cultivares com flores de outros tons, tais como o pink, o amarelo e o laranja.

Nativa de países como Índia e Sri Lanka, a Ixora ou Icsória desenvolve-se melhor em regiões de clima quente, devendo ser cultivada em locais ensolarados. A floração pode ocorrer durante o ano todo, mas é durante a primavera e o verão que as flores desta planta atingem o ápice da beleza.

A Icsória é bastante utilizada no paisagismo. Apesar de poder ser plantada em vaso, isoladamente, é na composição de maciços e bordaduras que seu efeito ornamental fica evidenciado.

Atualmente podem ser encontradas no mercado diversas variedades de Icsória, tais como a japonesa, chinesa e até mesmo a anã, que não passa de um metro de altura. Aliás, a Icsória anã (ou mini Icsória) foi lançada recentemente e faz parte de uma tendência do mercado de produzir versões miniaturizadas de plantas e flores.

Apesar de não serem perfumadas, as flores da Icsória são conhecidas por produzir grandes quantidades de néctar, atraindo sempre borboletas e beija-flores.

Esperamos que tenham gostado. Um beijo!

Sergio Oyama Junior é o biólogo, fanático por orquídeas e idealizador do Orquídeas no Apê blog dedicado a essas lindas flores. Neste espaço, Sergio, que é graduado em Biologia pela Unicamp e pós-graduado em Bioquímica pela USP, gentilmente divide conosco um pouquinho do seu vasto conhecimento sobre as mais diversas plantas e flores, incluindo, é claro, as orquídeas.

Deixe uma resposta

Comentários