Para um aniversário muito especial que mostramos a vocês aqui, decoramos a mesa com múltiplos vasinhos em prata levando tulipas brancas, orquídeas phalaenopsis amarelinhas e hortênsias azuis.

Já faz algum tempo que queríamos falar com um pouco mais de detalhe sobre as hortênsias, que, além da mesa acima, também decoraram estas aqui, aqui e aqui, só para citar algumas.

Por isso, convidamos nosso expert e parceiro mais que querido, Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, para compartilhar conosco um pouco do seu conhecimento sobre o assunto.

FlorDaSemana03

A hortênsia é originária de países asiáticos, tais como Japão, China, Coréia e Indonésia. Pertencente à família Hydrangeaceae, a espécie Hydrangea macrophylla é a mais cultivada e comumente encontrada no mercado. Atualmente, existem mais de 600 variedades desta espécie nativa, obtidas através de cruzamentos e seleções.

Além da grande variedade de cores de hortênsias, que inclui o branco, o pink, o vermelho e vários tons de azul e púrpura, uma mesma planta pode produzir flores com cores diferentes, dependendo da composição química do solo em que é cultivada.

Hortênsias que crescem em solos mais ácidos, com pH menor que 7, produzirão flores que tendem mais para o azul. Já solos alcalinos, aqueles cujos valores de pH são maiores que 7, fazem com que as plantas produzam flores mais rosadas. Este fenômeno ocorre devido à influência do teor de alumínio presente no solo, que interage com os pigmentos florais e alteram sua coloração.

As hortênsias são melhor cultivadas em regiões de clima frio, sendo abundantes na região sul do país. Aliás, esta é a flor símbolo da cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul.

Trata-se de plantas que apreciam bastante luminosidade, podendo ser cultivadas sob sol pleno. Elas costumam gostar de solos com boa drenagem, sempre muito bem irrigados, que sejam ricos em matéria orgânica.

A melhor época para se plantar hortênsias é o inverno. A floração, contudo, inicia-se na primavera e pode estender-se até o outono.

Mas atenção. Existem alguns compostos tóxicos em todas as partes das hortênsias planta, então, ela precisa ser mantida fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Esperamos que tenham gostado! Um beijo grande.

Sergio Oyama Junior é o biólogo, fanático por orquídeas e idealizador do Orquídeas no Apê blog dedicado a essas lindas flores. Neste espaço, Sergio, que é graduado em Biologia pela Unicamp e pós-graduado em Bioquímica pela USP, gentilmente divide conosco um pouquinho do seu vasto conhecimento sobre as mais diversas plantas e flores, incluindo, é claro, as orquídeas.

Quem nos acompanha aqui no Vamos Receber sabe que somos fãs de carteirinha de porta-guardanapos. Por conta disso, alguns leitores têm nos perguntado se este seria um item essencial na hora de montar a mesa.

De forma nenhuma. Atualmente, o porta-guardanapo é apenas uma peça que visa compor a decoração da mesa, adicionando cores, flores e texturas a cada lugar à mesa, deixando-a mais bonita e convidativa.

Há, inclusive, quem prefira dispensá-lo em ocasiões mais formais ou, então, quando a ocasião pede que a comida seja servida em forma de buffet.

Mas dispensar o porta-guardanapo não precisa significar menos charme para a mesa. E hoje mostraremos a vocês três boas razões para isso.

São três formas de se dobrar guardanapos de um jeito elegante e clean. Vamos lá?

how to guardanapos

A primeira forma que sugerimos é uma de nossas favoritas. Há quem a denomine de “monograma” porque é perfeita – e fica simplesmente linda – para dobradura de guardanapos bordados com as iniciais dos anfitriões.

Dobradura 1

Modo de dobrar:

1. Dobre o guardanapo em quatro partes.

2. Dobre a extremidade oposta à da abertura, formando um pequeno triângulo.

3. Vire o guardanapo do outro lado.

4. Dobre cada uma das extremidades laterais até o centro do guardanapo.

5. Vire o guardanapo do outro lado.

A segunda forma cria uma espécie de bolso no guardanapo. Ele pode ser usado para colocar uma flor ou outro mimo para os convidados, ou, ainda, para colocar o placement card ou os talheres.

Aliás, usamos bastante esta dobradura quando optamos por servir em um buffet. Como os talheres já podem ser colocados no próprio guardanapo, tudo fica mais simples para os convidados. Para quem quiser conferir, basta clicar aqui e aqui.

Dobradura 2

Modo de dobrar:

1. Dobre o guardanapo em quatro partes.

2. Pegue a ponta da parte superior do lado da abertura e junte com a ponta do lado oposto, formando um triângulo.

3. Vire o guardanapo do outro lado.

4. Dobre na metade.

5. Vire o guardanapo do outro lado.

6. Use o bolso para colocar flores, raminhos de alecrim, outros mimos para os convidados ou talheres.

A terceira opção de dobradura é, na verdade, uma variação da primeira, que cria mais uma prega ou bolsinho, permitindo, por exemplo, que garfos e facas sejam posicionados separadamente.

Dobradura 3

Modo de dobrar:

1. Dobre o guardanapo em quatro partes.

2. Pegue a ponta da parte superior do lado da abertura e junte com a ponta do lado oposto, formando um triângulo.

3. Pegue a ponta da camada superior seguinte do guardanapo, do lado da abertura, e dobre para o lado oposto sob o primeiro triângulo que se formou, criando uma prega.

4. Vire o guardanapo do outro lado.

5. Dobre na metade.

6. Vire o guardanapo do outro lado.

7. Use os bolsos para colocar flores, raminhos de alecrim, outros mimos para os convidados ou talheres.

Esperamos que tenham gostado de nossa dica de hoje!

Um beijo!

A mesa que compartilharemos com você hoje tem para nós um significado muito especial. Foi ali, em torno dela, que comemoramos o aniversário de um pai muito querido: o nosso!!

Para ele, preparamos um jantar todo em tons de azul, amarelo e branco, tudo muito leve e cheio de boas energias.

IMG_7925

Naquele dia, o talentoso Marcio Leme, da Milplantas preparou múltiplos arranjos das mais variadas alturas em vasinhos de prata da D. Filipa. Tulipas brancas, orquídeas phalaenopsis amarelinhas e maravilhosas hortênsias azuis iam se alternando ao longo do comprimento da mesa criando assim uma composição agradável e harmônica.

IMG_7938

IMG_7604

Tudo foi disposto sobre uma belíssima toalha de linho da Mesalinho. Como havia várias mesas, ajudou muito poder contar com o acervo maravilhoso de toalhas e todo tipo de roupa de mesa de lá, nós recomendamos!

A louça escolhida foi a Viana, da Vista Alegre, à venda na Matisse. Nos mesmos tons escolhidos, esta louça já protagonizou diversos encontros agradáveis, como este que mostramos aqui, nós simplesmente adoramos!

IMG_7673

Para completar, talheres, descansos de talher e marcadores de lugar em prata, taças bico de jaca em vidro azul combinadas com taças em cristal transparente by Presentes Mickey, guardanapos em linho amarelinho e porta-guardanapos de orquídea cattleya da Couvert.

IMG_7595

IMG_7548

IMG_7547

IMG_7621

O cardápio foi um espetáculo à parte. Já contamos aqui um pouco da história do buffet Grecco Coppola, hoje comandado pelos queridos Beatriz Conde e Paulo Mauro Neto, preservando o estilo e culinária impecáveis que, desde 1999, tornaram-se marca registrada das fundadoras, Wilma Righi e suas filhas Paula e Cuca, respectivamente avó e mães dos dois. Pois bem, desta vez, eles se superaram!

Para começar, uma mesa de antepastos simplesmente divina, contando com burrata, mini alcachofrinhas, tomate seco, berinjela desfiada e pimentão marinado, salmão defumado com blinis, creme azedo e shoyu com laranja e um clássico que nos deixa com água na boa só de lembrar: o maravilhoso queijo brie servido na massa folhada crocante com fava de mel, hummmm!! Essas delícias by Grecco Coppola foram todas dispostas em torno de um belíssimo arranjo levando exclusivamente orquídeas phalaenopsis preparado por Marcinho Leme e equipe, da Milplantas sobre um murano que adoramos, da Cambui Store.

IMG_7758

IMG_7743

IMG_7731

IMG_7797

IMG_7752

IMG_7757

E, como se não bastasse, mais delícias para o jantar, incluindo camarões ao molho de mostarda Dijon, raviolini de massa de espinafre ao molho sugo e filé mignon servido ao molho roti acompanhado de mini cebolinhas caramelizadas – outro clássico do Grecco Coppola que fizemos questão de servir no almoço de lançamento do nosso site, que mostramos aqui. Todos os pratos foram mantidos na temperatura ideal em réchauds em prata e travessas da D. Filipa.

IMG_8320

IMG_7880

IMG_7859

IMG_7868

IMG_7866

IMG_7885

IMG_7863
IMG_7891

IMG_7862

IMG_7873

IMG_7871

IMG_7882

IMG_8305

Para terminar em grande estilo, torta de chocolate alpino com calda de creme inglês e farofa de pistache, mil folhas de doce de leite – um dos nossos favoritos – e cocada quente com fitas de coco caramelizadas. Dá para ficar melhor?

IMG_8365

IMG_7564

IMG_8367

IMG_8355

IMG_7559

IMG_8390

Seguida de um cafezinho com os deliciosos brownies da Misses Brownie.

IMG_7787

IMG_7900

Vejam mais fotos dessa noite mais que especial.

IMG_7946

IMG_7578

IMG_7575

IMG_7689

IMG_7963

IMG_7506

IMG_7697

IMG_7620

IMG_7962

IMG_7619

IMG_7589

IMG_7959

IMG_7955

IMG_7927

IMG_7945

E assim, na companhia de gente querida e animada, em torno de uma mesa muito especial, com boa comida e boa bebida, apagaram-se as velinhas e mais um ano na vida do nosso pai se completou. E que venham muitos, muitos outros, ainda mais maravilhosos, cheios de alegria, saúde e realizações!

Esperamos que tenham gostado. Um beijo!