Anêmonas: As Flores do Vento

Aproveitando o friozinho gostoso do mês de julho, neste final de semana recebemos a família para um fondue delicioso. Mostramos um pouquinho dessa noite agradável que passamos ao lado de pessoas muito queridas na segunda-feira. Quem ainda não viu, não deixe de conferir!

Compondo a nossa mesa naquele dia, lindos arranjos em tons de lilás e roxo levando Anêmonas, essas flores que sempre nos encantam e que escolhemos para o nosso quadro dedicado à flor da semana.

FlorDaSemana23

Mais uma vez, contamos com a ajuda sempre muito bem vinda de Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, para falar apropriadamente sobre o assunto.

As belas e delicadas Anêmonas são produzidas por uma planta da mesma família dos Ranúnculos, sobre os quais falamos neste espaço na semana passada.

Seu nome, de origem grega, é uma alusão à ninfa Anemone e significa ‘filha do vento’. É por isso que, em inglês, as Anêmonas são conhecidas como windflowers, ou flores do vento.

A grande variedade de cores de Anêmonas que encontramos hoje é resultado de melhoramentos genéticos e de sucessivos cruzamentos realizados com a espécie original, Anemone coronaria, encontrada na região do Mediterrâneo.

A primavera é a época em que as Anêmonas florescem. As flores duram cerca de um mês. Se cortadas, podem permanecer bonitas no vaso por aproximadamente uma semana. Após a floração, as Anêmonas entram em dormência para iniciar um novo ciclo no ano seguinte.

As Anêmonas gostam de bastante luminosidade, podendo ser cultivadas em canteiros sob sol pleno, em solo argiloso e rico em matéria orgânica.

Certamente, as Anêmonas tornaram nossa mesa de fondue muito mais bonita, realçando a louça, porta guardanapos e jogos americanos utilizados. Que tal levá-las para casa e também tornar seu próximo jantar ainda mais especial?

Um beijo!

Deixe uma resposta

Comentários