Begônia

Esta semana falaremos sobre as Begônias.

Além de contar novamente com a experiência do nosso querido Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, para tratar do assunto, também fomos gentilmente presenteados por ele com as lindas fotos que ilustram o post de hoje. Obrigada mais uma vez, Sergio, por toda a atenção, parceria e carinho com o nosso blog!

FlorDaSemana22

Belas, versáteis e bastante duráveis, as Begônias são amplamente utilizadas na decoração de ambientes externos e internos, sempre rendendo arranjos surpreendentemente elegantes quer para uma reunião casual de amigos, quer para ocasiões mais formais.

Suas delicadas flores lembram mini rosas, podendo apresentar uma ampla gama de cores, do branco ao vermelho sangue, passando por diversos tons de amarelo, laranja e salmão, além de combinações de duas ou mais cores na mesma flor.

Outra característica peculiar das várias espécies de Begônia é a sua folhagem suculenta e ornamental. Muitas costumam ser cultivadas devido ao caráter estético de suas folhas, que podem ser prateadas, avermelhadas, bronzeadas ou ricamente desenhadas em vários tons.

Tamanha variedade deriva do fato de a maioria dos exemplares comercializados ser híbrida, resultando do cruzamento intensivo entre as cerca de 1.000 espécies existentes.

As Begônias são plantas de fácil cultivo, conhecidas por sua floração abundante, que pode ocorrer ao longo de todo o ano. Elas apreciam ambientes protegidos de correntes de vento e do sol direto e gostam de ser cultivadas em solos ricos em matéria orgânica. As regas precisam ser regulares, sempre que o substrato estiver seco. Aconselha-se evitar molhar as folhas e flores, que são susceptíveis ao aparecimento de fungos.

As Begônias, no entanto, não suportam o frio intenso, então, é bom aproveitar bastante o restinho do outono!

Conteúdo do texto e foto: Sérgio Oyama Júnior.

Deixe uma resposta

Comentários