Ranúnculos, os lindos Ranúnculos

Esta semana falaremos de uma flor que adoramos e que sempre rende lindos arranjos: o Ranúnculo.

Novamente, não poderíamos ter reunido as valiosas informações que compartilharemos com vocês a seguir sem a ajuda de Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, nosso colaborador mais que querido, a quem, mais uma vez, deixamos registrado nosso muito obrigada.

As delicadas flores do Ranúnculo são formadas por múltiplas camadas de pétalas de fina textura, levemente enrugadas, que lembram o papel crepom. Há Ranúnculos nas mais diversas cores, do branco ao vermelho, passando por tons de amarelo, laranja e rosa.

FlorDaSemana06

Os vários tipos de Ranúnculo encontrados hoje são originários da espécie Ranunculus asiaticus, natural dos países da Ásia menor, leste europeu e norte da África. Dentre as mais belas variedades híbridas, resultantes de melhoramentos genéticos obtidos por sucessivos cruzamentos, estão as ‘Picotee’, ‘Bloomingdale’ e ‘Superbissima’.

A época de floração dos Ranúnculos vem aí: ela começa agora em agosto e estende-se até o início da primavera, em setembro. Vale a pena aproveitar porque, após este período, a planta normalmente morre em razão do calor do verão.

Mas se houver interesse em cultivar a planta, quando as suas folhas secarem, remanescendo apenas as raízes tuberosas, basta retirar o rizoma da terra, deixá-lo secar e armazená-lo em local seco e fresco – evitando guardá-lo na geladeira. No início de março, com a chegada do outono, o rizoma poderá ser plantado novamente, em solo fértil, bem drenado e exposto a boa luminosidade.

Os Ranúnculos são ótimas flores de corte. Além de belíssimos, também apresentam boa durabilidade. Receita certeira para arranjos incríveis, não é verdade?

Deixe uma resposta

Comentários