LINDAS COMO O SOL: AS GÉRBERAS

Lindas como o sol, as Gérberas são alegria imediata para qualquer mesa, cantinho ou jardim. Multicoloridas e extremamente versáteis, elas são as protagonistas de nosso quadro de hoje, dedicado à Flor da Semana.

Quem reuniu as informações que compartilharemos com vocês hoje foi o querido amigo e colunista Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê. Sergio, muito obrigada por todo carinho e atenção conosco.

FlorDaSemana_14.10

A flor que conhecemos como Gérbera foi descrita pela primeira vez em 1737, sendo assim nomeada em homenagem ao médico alemão Traugott Gerber. Os exemplares que encontramos atualmente no mercado são híbridos,  derivados de aproximadamente 30 espécies pertencentes ao gênero Gerbera, da família Asteraceae, que abriga plantas famosas por suas flores compostas, como o Girassol e a Margarida.

As Gérberas podem ser encontradas nas cores branca, amarela, laranja, salmão, pink e vermelha. Cada flor, na realidade, é uma inflorescência, ou seja, conjunto de pequenas flores modificadas, característica presente em todos os membros da família das flores compostas.

Embora seja encontrada em jardins, a Gérbera é mundialmente consagrada como flor de corte, devido à grande variedade de cores e boa durabilidade. Quando bem cuidadas, podem ficar bonitas no vaso por até 15 dias.

A Gérbera gosta de locais ensolarados, solos bem drenados e adubados. A floração ocorre no início da primavera, cerca de dois meses após o plantio das sementes, e seu cultivo é considerado fácil.

Sergio Oyama Junior é o biólogo, fanático por orquídeas e idealizador do Orquídeas no Apê blog dedicado a essas lindas flores. Neste espaço, Sergio, que é graduado em Biologia pela Unicamp e pós-graduado em Bioquímica pela USP, gentilmente divide conosco um pouquinho do seu vasto conhecimento sobre as mais diversas plantas e flores, incluindo, é claro, as orquídeas.

Deixe uma resposta

Comentários

  • Olá, meninas…

    Trabalhava como uma louca, não tinha tempo pra nada e fui surpreendida por um câncer de mama em 2008. Operei e acabei me aposentando por conta da doença.

    Fiquei em casa, de bobeira, e quase surtei. Foi quando a ornamentadora de minha igreja deixou o cargo e me indicou para a função. Eu nem entendia nada de flores!!! Fui pro Cadeg com a cara e a coragem e aprendi na marra e no amor!

    Hoje decoro casamentos, aniversários e jantares de amigos. Amo! E acabei caindo aqui no espaço de vocês. Estou amando! Como não as conhecia antes, levarei alguns dias pra apreciar com cautela tanta belezura!

    Obrigada por dividir bom gosto, sabedoria, experiências conosco. Acredito que não devemos guardar nada só pra gente. Tudo de bom deve ser perpetuado com amor. E no final, tudo volta!

    Bjs,

    Val Leaubon

    • Val, que história mais linda! Que lição de vida!!!! Você nos deixou muito emocionadas. Saiba que é um presente para nós ter você aqui. Muito obrigada pelos elogios e muito, mas muito, sucesso para você! Que Deus te proteja sempre! Você é especial, e percebemos isso assim que começamos a ler sua mensagem. Um beijo enorme! Estamos aqui para encontrar pessoas como você!