COMO PORCELANAS E ESTRELAS: A FLOR DE CERA

Nesta semana escolhemos falar sobre uma flor que lembra uma delicada porcelana em forma de estrela: a Flor de Cera.

FlorDaSemana37

À primeira vista, a Flor de Cera sequer parece real. É impressionante como a natureza nos surpreende cada vez mais e mais com a sua delicadeza e perfeição.

Com a ajuda imprescindível do querido amigo e expert, Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, reunimos as informações a seguir sobre esta linda flor.

Embora haja outros tipos de planta que popularmente também sejam conhecidos como Flor de Cera, a mais conhecida dos brasileiros é a Hoya carnosa. Ela é produzida por uma trepadeira exótica, típica de países da Ásia e Oceania, pertencente a uma grande família de plantas (Apocynaceae) da qual também faz parte a Rosa do Deserto. O gênero Hoya foi assim batizado em homenagem a Thomas Hoym, jardineiro do duque de Northumberland, condado ao norte da Inglaterra.

Esta planta peculiar que floresce durante a primavera e o verão também é conhecida como wax plant ou porcelain flower em inglês. Ela produz uma inflorescência do tipo umbela, ou seja, um conjunto floral em forma de guarda-chuva – uma meia esfera geometricamente perfeita – composta por pequenas e delicadas flores levemente perfumadas.

A coloração da Flor de Cera varia entre o branco e o rosado, com o centro vermelho. Quando vista bem de perto, esta belíssima flor apresenta superfície coberta por uma camada de minúsculos pelos.

Muito versátil, a Flor de Cera pode ser utilizada tanto no paisagismo como na decoração de interiores. Cultivá-la não é complexo, bastam um lugar bem iluminado, a ausência de sol direto e alguns suportes – como treliças e pergolados – para que ela se enrole, uma vez que, como comentamos acima, trata-se de uma trepadeira.

Também é necessária alguma paciência porque a Flor de Cera é uma planta de crescimento lento.

Mas a espera certamente valerá a pena, afinal, os resultados são absolutamente magníficos, não é mesmo?

Há, no entanto, um outro tipo de flor também conhecido como Flor de Cera ou Flor de Cera de Geraldton, cujo nome científico é Chamelaucium uncinatum. Curiosamente, a parte central desta delicada flor lembra uma vela, com um pavio (que, na verdade, são os órgãos reprodutores florais). A Chamelaucium uncinatum, que recentemente conhecemos na Milplantas é a Flor de Cera que ilustra nosso post de hoje.

Esperamos que tenham gostado.

Sergio Oyama Junior é o biólogo, fanático por orquídeas e idealizador do Orquídeas no Apê blog dedicado a essas lindas flores. Neste espaço, Sergio, que é graduado em Biologia pela Unicamp e pós-graduado em Bioquímica pela USP, gentilmente divide conosco um pouquinho do seu vasto conhecimento sobre as mais diversas plantas e flores, incluindo, é claro, as orquídeas.

Deixe uma resposta

Comentários