Porte de Rainha: a Exuberante Flor de Hibisco

Adoramos as quartas-feiras, dia de saber mais sobre as flores que tanto amamos e que sempre emprestam sua beleza às nossas mesas.

Hoje, contando mais uma vez com a expertise do nosso querido colunista Sergio Oyama Junior, do Orquídeas no Apê, vamos descobrir as peculiaridades do Hibisco, flor que inspirou o Almoço Tropical preparado com a coleção criada por Tania Bulhões prestando homenagem à nossa flor desta semana. Para conferir nosso almoço na íntegra, basta clicar aqui.

FlorDaSemana - Hibisco

Vamos, então, ao encontro da exuberante essência do Hibisco?

As plantas do gênero botânico Hibiscus, popularmente chamadas de Hibiscos, pertencem a várias espécies de grandes arbustos ou pequenas árvores, mundialmente conhecidas por produzirem flores exóticas e vistosas, de grande valor ornamental.

Avantajadas, portando cinco ou mais pétalas, dependendo da variedade, as flores do Hibisco têm formato de trompete e apresentam as mais diversas cores, tais como branco, amarelo, pêssego, laranja, pink, vermelho ou púrpura.

Os Hibiscos são originários de regiões tropicais e subtropicais da Ásia, pertencendo à família Malvaceae, onde estão incluídas diversas plantas de uso paisagístico e de importância econômica, como o cacaueiro e algodoeiro. No entanto, a planta também se tornou bastante popular no paisagismo brasileiro, podendo ser encontrada isoladamente ou em maciços, compondo também cercas vivas.

Trata-se da flor nacional do Havaí, sendo usada como adereço em ocasiões festivas. Além disso, é bastante conhecida por atrair borboletas e beija-flores aos jardins de todo e qualquer lugar em que se faça presente!

Esperamos que tenham gostado!

Um beijo!

Sergio Oyama Junior é o biólogo, fanático por orquídeas e idealizador do Orquídeas no Apê, blog dedicado a essas lindas flores. Neste espaço, Sergio, que é graduado em Biologia pela Unicamp e pós-graduado em Bioquímica pela USP, gentilmente divide conosco um pouquinho do seu vasto conhecimento sobre as mais diversas plantas e flores, incluindo, é claro, as orquídeas.

Deixe uma resposta